Curso: A história da Revolução Russa // Baixe a apostila completa aqui!

CURSO-fundo-branco_versao-3

Clique aqui para baixar gratuitamente a apostila completa do curso!

Curso “A história da Revolução Russa” | curadoria de Gilberto Maringoni
Mediação de Alexandre Linares e Claudinei Rezende.

26/set | terça
12h – 14 | Aula 1 | Da Rússia imperial à ruptura
Com Michael Löwy.

Contra os populistas do partido “social-revolucionário” que acreditava, num socialismo russo original, baseado nos camponeses, os marxistas do Partido Operário social-democrata russo (POSDR) acreditavam que a Revolução Russa iminente seria uma revolução democrática, isto é, anti-tsarista,  anti-feudal, “burguesa”. Depois da cisão do Partido em 1903, a minoria (mencheviques) vai defender uma estratégia de aliança com a burguesia democrática, a maioria (os bolcheviques) uma aliança democrática entre os operários e camponeses. Estas estratégias serão testadas durante a revolução de 1905. À luz deste evento Trotsky vai formular em 1906 a teoria da revolução permanente: a revolução democrática, sob hegemonia proletária, se transformará em revolução socialista. Com a queda do tsarismo em fevereiro de 1917 se abre um novo processo revolucionário. Ao chegar em Petrogrado em abril 1917, Lenin anuncia uma nova orientação, que toma por modelo a Comuna de Paris de 1871 e coloca o socialismo na ordem do dia.

27/set | quarta
10h30 – 12h30 | Aula 2 | A Revolução nos é dada pelos desesperados
Com Marly Vianna.

A chegada ao poder e o embate de vários grupos. A conjuntura dos primeiros meses. O recuo em Brest-litovsk e as invasões estrangeiras. Um poder que tem dificuldades para se firmar. Os três dirigentes principais, Lenin, Trotsky e Stalin. De Petrogrado e Moscou. A luta para a consolidação do poder: guerra civil, fome e NEP.

28/set | quinta
10h30 – 12h30 | Aula 3 | Da coletivização à guerra
Com José Paulo Netto.

O socialismo num só país. A ascensão de Stalin, a coletivização e a industrialização. Os planos quinquenais. O crescimento do nazismo na Europa e a paranoia interna. Os processos, o pacto Molotov-Ribbentrop e a invasão alemã. A Guerra como elemento constitutivo da nacionalidade

29/set | sexta
10h – 12h | Aula 4 | Consolidação, decadência e queda da URSS
Com Angelo Segrillo.

Ascensão e queda de uma economia planificada. A guerra fria, a corrida espacial e a busca do bem-estar interno. A perda de competitividade e a falta de inovação na indústria. Os anos Brejnev e a estagnação. Guerras localizadas, áreas de influência e o mundo bipolar. Glasnost, perestroika e o “nosso adeus a tudo aquilo”. O que fica?

Advertisements