Principal

Etapa 1 – Curso “A história da Revolução Russa” | curadoria de Gilberto Maringoni
Mediação de Alexandre Linares e Claudinei Rezende.

26/set | terça
12h – 14 | Aula 1 | Da Rússia imperial à ruptura
Com Michael Löwy.

Contra os populistas do partido “social-revolucionário” que acreditava, num socialismo russo original, baseado nos camponeses, os marxistas do Partido Operário social-democrata russo (POSDR) acreditavam que a Revolução Russa iminente seria uma revolução democrática, isto é, anti-tsarista,  anti-feudal, “burguesa”. Depois da cisão do Partido em 1903, a minoria (mencheviques) vai defender uma estratégia de aliança com a burguesia democrática, a maioria (os bolcheviques) uma aliança democrática entre os operários e camponeses. Estas estratégias serão testadas durante a revolução de 1905. À luz deste evento Trotsky vai formular em 1906 a teoria da revolução permanente: a revolução democrática, sob hegemonia proletária, se transformará em revolução socialista. Com a queda do tsarismo em fevereiro de 1917 se abre um novo processo revolucionário. Ao chegar em Petrogrado em abril 1917, Lenin anuncia uma nova orientação, que toma por modelo a Comuna de Paris de 1871 e coloca o socialismo na ordem do dia.

27/set | quarta
10h30 – 12h30 | Aula 2 | A Revolução nos é dada pelos desesperados
Com Marly Vianna.

A chegada ao poder e o embate de vários grupos. A conjuntura dos primeiros meses. O recuo em Brest-litovsk e as invasões estrangeiras. Um poder que tem dificuldades para se firmar. Os três dirigentes principais, Lenin, Trotsky e Stalin. De Petrogrado e Moscou. A luta para a consolidação do poder: guerra civil, fome e NEP.

28/set | quinta
10h30 – 12h30 | Aula 3 | Da coletivização à guerra
Com José Paulo Netto.

O socialismo num só país. A ascensão de Stalin, a coletivização e a industrialização. Os planos quinquenais. O crescimento do nazismo na Europa e a paranoia interna. Os processos, o pacto Molotov-Ribbentrop e a invasão alemã. A Guerra como elemento constitutivo da nacionalidade

29/set | sexta
10h – 12h | Aula 4 | Consolidação, decadência e queda da URSS
Com Angelo Segrillo.

Ascensão e queda de uma economia planificada. A guerra fria, a corrida espacial e a busca do bem-estar interno. A perda de competitividade e a falta de inovação na indústria. Os anos Brejnev e a estagnação. Guerras localizadas, áreas de influência e o mundo bipolar. Glasnost, perestroika e o “nosso adeus a tudo aquilo”. O que fica?

Etapa 2 – Ciclo de debates “Diálogos com a Revolução Russa”

26/set | terça

17h – 1. MITO, HISTÓRIA E LEGADO DA REVOLUÇÃO RUSSA DE 1917
Debate com José Paulo Netto, Lenina Pomeranz e Luis Fernandes. Mediação de Fernando García.

20h – 2. A REVOLUÇÃO DAS MULHERES
Palestra de Wendy Goldman, comentário de Djamila Ribeiro e Maria Lygia Quartim de Moraes. Mediação de Tory Oliveira.

27/set | quarta

14h – 3. VIDA DE TROSTKI
Vídeo de Esteban Volkov com conferência de Domenico Losurdo e comentários de Osvaldo Coggiola. Mediação de Isa Penna.

17h – 4. LÊNIN: VIDA E OBRA DE UM LÍDER REVOLUCIONÁRIO
Palestra de Tamás Krausz, comentários de Sofia Manzano e Valerio Arcary. Mediação de Diana Assunção.

20h – 5. DIÁLOGOS COM O PENSAMENTO TEÓRICO DE LENIN
Conferência de Tariq Ali, comentários de Marly Vianna e Virgínia Fontes. Mediação de Fernanda Mena.

28/set | quinta

14h – 6. A REVOLUÇÃO RUSSA E A QUESTÃO NACIONAL
Conferência de Michael Löwy, comentários de Isabel Loureiro e Ruy Braga. Mediação de Juliana Borges

17h – 7. ESTADO, ECONOMIA E POLÍTICA NA SOCIEDADE SOVIÉTICA
Conferência de Antonio Negri, comentários de Alysson Leandro Mascaro e Leda Paulani. Mediação de Maria Cristina Fernandes.

20h – 8. GUERRA E REVOLUÇÃO
Palestra de Domenico Losurdo, comentário de José Luiz Del Roio e Gilberto Maringoni. Mediação de Daniela Mussi.

29/set | sexta

14h – 9. A UNIÃO SOVIÉTICA E O BRASIL
Conferência de Anita Prestes, comentários de Luiz Bernardo Pericás e Antonio Carlos Mazzeo. Mediação de Renato Rovai.

17h – 10. ARTE E REVOLUÇÃO
Debate com Miguel Vedda, Emicida* e Walnice Nogueira Galvão. Mediação de Tata Amaral.

20h – 11. A IDEIA DO COMUM: TEORIA E HISTÓRIA DE UM IDEAL
Palestra com Pierre Dardot e Christian Laval, comentário de Christian Dunker. Mediação de Laura Carvalho.

* O músico Jorge Mautner teve de cancelar sua participação na mesa “Arte e revolução” em razão de problemas de saúde, sendo substituído pelo rapper Emicida. Caso haja o interesse, a devolução dos valores referentes aos ingressos previamente adquiridos pelo público para a data em questão poderá ser realizada até 29 de outubro de 2017, em quaisquer bilheterias das unidades do Sesc São Paulo, mediante a apresentação do ingresso. Os ingressos adquiridos pela compra online, no Portal SescSP, e ainda não retirados, serão estornados mediante solicitação ao email@pinheiros.sescsp.org.br.
Advertisements